Idosa teria morrido na UPA São Benedito ao receber dieta na veia

Idosa teria sido atendida na UPA São Benedito, onde pacientes estariam reclamando também da falta de experiência dos profissionais

Reportagem do Jornal da Manhã recebeu ontem denúncia de que uma idosa, de 79 anos, que buscou atendimento na ala verde da UPA São Benedito, havia morrido em decorrência de erro em procedimento adotado por uma técnica de enfermagem. Segundo as informações obtidas pelo JM, a profissional teria aplicado a dieta na veia da paciente, o que teria causado o óbito. A Funepu instaurou investigação administrativa para apurar se houve ou não erro da equipe que realizou o procedimento.
Segundo informações fornecidas pela Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba (Funepu), gestora das unidades desde o fim de junho, a paciente M.O.O. deu entrada na Unidade de Pronto-Atendimento do bairro São Benedito na última segunda-feira (31), com quadro de pneumonia, desidratação, desnutrição, anemia e lesões na pele. Na manhã de ontem, após a administração da dieta enteral, procedimento nutricional comum para pacientes com esse quadro clínico, a idosa sofreu uma parada cardiorrespiratória, que resultou em óbito.
Ainda de acordo com as informações recebidas pelo JM, tem sido frequente a ocorrência de problemas decorrentes de inexperiência dos funcionários contratados provisoriamente para manter o atendimento nas unidades, após o fim do contrato com a Pró-Saúde. A denúncia dá conta de que os profissionais não teriam recebido nenhum treinamento ao entrar nas unidades para atuação em casos de urgência e emergência e que as dificuldades seriam decorrentes da falta de conhecimento sobre a rotina nas UPAs.
Questionada sobre os critérios de seleção adotados pela Funepu para a contratação emergencial dos profissionais e se realmente foi exigida dos profissionais contratados experiência específica em unidade de pronto-atendimento, a Fundação informou que todos os requisitos e critérios, estabelecidos pelo Ministério da Saúde para um processo como esse, foram fielmente seguidos. “A Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba (Funepu) ressalta ainda que tem trabalhado incansavelmente para oferecer atendimento de qualidade a todos os pacientes que procuram as unidades de pronto-atendimento”, encerrou a nota.

Postado originalmente por: JM Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: