Moradores do Isabel do Nascimento denunciam lixo entulhado em terreno da Prefeitura

Foto/Leitor 

Garrafas de vidro, restos de construção civil, móveis quebrados, colchão e lixo doméstico. A lista de entulhos deixados em áreas desabitadas no bairro Isabel do Nascimento é grande. Tanto que os moradores acionaram a reportagem do Jornal da Manhã para mostrar a situação.

“Olha a situação desse bairro. Os terrenos vagos cheios de lixo. Nas proximidades da creche a situação é a mesma. Nas residências já começamos a encontrar escorpiões nas camas e em todo lugar. Alguém precisa vir aqui dar uma limpada nessas áreas vagas. Nós estamos em perigo”, destaca uma das moradoras.

Em nota, a Prefeitura destaca que a área apontada pelos moradores é pública e que a demanda foi encaminhada ao setor operacional da Secretaria de Serviços Urbanos e Obras para atendimento, ou seja, limpeza e recolhimento do material descartado de forma irregular. 

“Reforçamos a informação de que a Prefeitura de Uberaba mantém regular e ininterrupta a coleta de lixo doméstico, assim como os onze ecopontos onde pode ser descartado madeira, plástico, metal, pneu, papel e papelão, restos de podas de árvores, móveis em condições de uso, materiais cerâmicos (tijolos, blocos, pisos, azulejos) e pequenas quantidade de entulho (até 1 m³), não pode ser descartado grandes quantidades de entulho de construção (mais de 1 m³), lixo doméstico, lixo hospitalar ou de serviços de saúde (dentista, clínicas veterinárias, clínicas estéticas etc.), resíduo industrial (lata de tinta, serragem, gesso etc.)”. 

Ainda de acordo com a prefeitura esse serviço é gratuito. Os Ecopontos estão em funcionamento de segunda a sexta-feira das 7h às 18h e sábados das 7h às 16h. 

Para denúncias de descarte irregular o cidadão pode entrar em contato com o Departamento de Posturas nos telefones 3331-2313 ou 3331-2312, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. Lembrando que o descarte irregular prejudica a toda a população.


 

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: