Movimentação de importações e exportações cai no Porto Seco de Uberaba

Porto Seco de Uberaba – Estação Aduaneira Interior – registrou queda de importações e exportações em março de 2017, na comparação com o mesmo mês de 2016. A redução, sobretudo das importações, conforme análise, se dá no setor de veículos.
Conforme o último levantamento divulgado pelo porto seco (os números do mês de abril ainda estão sendo computados), em março de 2017 foram gerados US$60,5 milhões em importação, quando que em 2016 foram de US$72,9 milhões. Nas exportações, os números deste ano também foram menores do que os registrados no ano anterior, sendo US$2,1 milhões em março de 2017 e US$3,6 milhões em março do ano passado.
Diante deste resultado, o auditor-fiscal da Receita Federal, André Luís Silva Lopes, explica que a queda do valor das importações no Porto Seco de Uberaba é pela retração nas vendas de veículos importados. Houve uma queda muito forte na importação de veículos das marcas Mitsubishi e Suzuki, que eram armazenados no porto seco da cidade.
Já com relação às exportações, segundo André, no Porto Seco de Uberaba são exportadas principalmente soja em grãos e proteína de soja. O volume é baixo, porque a maioria da soja exportada segue de trens carregados na VLi para o Porto de Santos. Em Uberaba, poucas empresas utilizam o porto seco para exportações, por questões logísticas das empresas, aproveitando alguns contêineres que retornariam vazios aos locais de origem.
O levantamento também traz os números de fevereiro 2017 para um comparativo com março também deste ano. Com relação às importações, no mês de março a movimentação foi maior, US$60,5 milhões, enquanto que em fevereiro de 2016 registrou US$52,07 milhões. Já nas exportações em fevereiro os números foram melhores, sendo US$4,2 milhões em fevereiro e US$2,1 milhões em março.

Postado originalmente por: JM Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: