Nova Estação de Tratamento de Esgoto beneficiará até 30 bairros

Com a inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto Hugo Rodrigues da Cunha, a terceira da cidade, Uberaba passa a ter 98,4% dos esgotos tratados. O evento foi realizado ontem e contou com a presença de autoridades.
A nova ETE está instalada em uma área de 283 mil m² e funciona com tecnologia de tratamento biológico. Toda região leste será beneficiada com a estação, que tem a capacidade de atendimento a uma população de até 120 mil pessoas. Dois emissários fazem a coleta dos efluentes nos bairros e levam até a ETE. Após o tratamento, o esgoto é direcionado ao ribeirão Conquistinha, que é afluente do rio Grande. Ao todo serão 30 bairros beneficiados, entre eles o Jardim Primavera, Uberaba 1 e 2, Elza Amui, Manoel Mendes, Nossa Senhora de Lourdes, Residencial 2000, Valim de Melo, Anatê, Jardim Itália, Jardim Maracanã.
As obras para construção da ETE, orçada em R$13,7 milhões, começaram em 2011. Quando se chegou a 40% da execução da obra, a construtora sofreu problemas financeiros internos e teve de deixar a obra. O distrato foi feito em setembro de 2014 e nova concorrência foi aberta. Em 2016 uma outra construtora assumiu o serviço e o contrato será finalizado em dezembro deste ano, após fase de teste.
“Essa estação coloca Uberaba entre as oito cidades do país que tratam o esgoto acima de 98%. Um marco importante. É uma estação moderna e automatizada. Com relação às ETEs, que já estão em funcionamento, diferente desta, a Filomena Cartafina é compacta, já na Chico Veludo, do rio Uberaba, o modelo é o mesmo, no sistema biológico”, explica o presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto.
O prefeito Paulo Piau também comemorou o fato de Uberaba se tornar destaque no saneamento básico. “Estamos investindo, são milhões de reais investidos nesta área. Mas ainda existem desafios, com o projeto Caça Esgoto na avenida Leopoldino de Oliveira, na rua Artur Machado, a praça Rui Barbosa, ainda são pontos preocupantes, mas que estamos atuando”, diz.
Assim que foi inaugurada, a nova ETE já foi acionada, mas serão três meses de testes e também para produção das bactérias para o tratamento biológico; mas a partir disso, dentro de 90 dias, realizará de fato o tratamento do esgoto.

Postado originalmente por: JM Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: