Por causa de acidentes, Trânsito liga semáforos na Santana Borges

Secretaria Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transporte (Sedest) iniciou nessa quarta-feira o acionamento dos semáforos na avenida Dona Maria Santana Borges, no cruzamento com a avenida Nenê Sabino. A medida estava programada para ocorrer com o início de funcionamento do BRT, mas foi antecipada em razão do alto índice de acidentes. O próximo passo é aumentar a fiscalização no local, com a aplicação de penalidades contra infratores.
Os acidentes passaram a ocorrer com mais frequência depois que a rotatória foi modificada, exigindo mais atenção por parte dos motoristas. De acordo com o superintendente de Trânsito da Sedest, Ulisses Lamas, o Artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina regras de circulação que não têm sido respeitadas por motoristas. “Antes tinha uma rotatória com retorno para os motoristas acessarem diretamente a Nenê Sabino. Por conta das obras do BRT, hoje só existe um retorno. Nos dois sentidos há faixa de retenção e a regra indica que a preferência é de quem vem à direita do motorista que vai atravessar o cruzamento. Acompanhamos que houve muitos acidentes no retorno, porque o pessoal está passando direto, sem dar preferência para quem vem pela avenida Santana Borges”, avalia.
Ao Jornal da Manhã, o superintendente revelou que após o acionamento dos semáforos, ele permaneceu no local para a realização de testes e acompanhamento do fluxo com apoio da Guarda Municipal e, em cerca de uma hora e meia, vários motoristas atravessaram o cruzamento com imprudência, desrespeitando o sinal vermelho. “Infelizmente, o que vemos bastante em nossa cidade é a falta de respeito às sinalizações e às regras de condução. Por isso, vamos antecipar a ligação dos semáforos, cruzamento por cruzamento, para ver se as pessoas começam a respeitar pelo menos os semáforos. E vamos começar a pegar pesado com os infratores. Além de ligar os semáforos, vamos ter que intensificar a fiscalização em relação a isso”, ressalta.
Ulisses Lamas alerta que, diariamente, chega ao departamento um número fora do comum de autuações de avanços ao sinal vermelho, feitas pela Guarda Municipal, agentes municipais de trânsito e pelo Pelotão de Trânsito da Polícia Militar. Ele lembra que esse tipo de infração é considerado gravíssimo, com a penalização de sete pontos na carteira do motorista e aplicação de multa no valor de R$293,00.
 

Postado originalmente por: JM Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: