Encontro
Uberaba e Região

Saldo de empregos é positivo pelo segundo mês consecutivo

Por: Rádio JM 730 AM 24/10/2017 0:30

Conforme balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Uberaba fechou setembro com saldo positivo de 252 postos de trabalho. É o segundo mês seguido com registro de crescimento na geração de empregos, após o saldo negativo verificado em julho deste ano, quando foram fechadas 470 vagas de trabalho formal no município. O resultado foi melhor do que o registrado em todo o Estado de Minas Gerais, que verificou o fechamento de 4.291 postos de trabalho.
O governo federal não divulga mais os dados completos e detalhados por município. Segundo o relatório parcial do Ministério do Trabalho, 2.987 pessoas foram contratadas em Uberaba no mês de setembro, mas foram registradas 2.735 demissões no período. Com isso, o balanço fechou com abertura de 252 vagas de emprego com carteira assinada. Embora o saldo seja positivo, o número de contratações foi menor do que o verificado em agosto, quando foram admitidos 3.282 trabalhadores.
De janeiro a setembro, 28.014 empregos foram gerados em Uberaba e 27.739 demissões registradas. Com isso, a cidade apresenta saldo positivo de 275 vagas ao longo de nove meses de 2017. De setembro de 2016 a setembro de 2017, o município acumulou 36.424 admissões e 37.140 desligamentos de trabalhadores com carteira assinada, o que resultou em desempenho negativo ao totalizar fechamento de 716 vagas.
Observando o saldo acumulado de janeiro a setembro deste ano, a recuperação do mês passado foi puxada especialmente pelo setor de serviços, que em nove meses registrou a abertura de 245 postos de trabalho formal. Para isso a atividade econômica abriu um total de 229 vagas de emprego formal somente no mês de setembro.
Entre os empreendimentos agropecuários houve queda significativa na abertura vagas de trabalho. Enquanto o setor registrou 96 novos postos de emprego com carteira assinada na cidade no mês de agosto, em setembro esse número caiu para 33. Em nove meses, a indústria de transformação registrou a abertura de 373 vagas, sendo que 34 delas somente no mês de setembro. Verificou-se saldo de 22 vagas abertas na indústria de utilidade pública e de 53 postos abertos no extrativismo mineral.
O comércio, que teve registro negativo na geração de empregos, fechou o período de janeiro a setembro deste ano com o fechamento de 238 postos de trabalho formal. Já a construção civil sofreu o encerramento de 209 vagas de emprego no intervalo de nove meses, assim como a administração pública, que reduziu quatro vagas.

Postado originalmente por: JM Online

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: