Sem previsão para reabrirem, pelo menos 11% das academias de Uberaba fecharão definitivamente

Com a maioria dos municípios enquadrada na onda amarela ou vermelha do programa Minas Consciente, o secretário adjunto de saúde, Marcelo Cabral, declarou nesta terça, 11, que ainda não há previsão de permissão de reabertura para as academias em Minas Gerais. 

Prefeitura volta atrás e anuncia adesão de Uberaba ao "Minas Consciente"

"Temos observado uma ansiedade em relação a abertura das academias, mas neste momento temos que priorizar o cuidado com a saúde. É importante ressaltar que a liberação de fluídos nas academias pode aumentar o risco de transmissão da doença", explicou o secretário.

A notícia cai como uma bomba para os empresários do setor. Com as academias fechadas desde o início da pandemia, eles tinham a expectativa de um avanço no decreto municipal para que as atividades fossem retomadas. “Com o decreto municipal estávamos com as academias fechadas, mas conseguindo trabalhar como personal e com uma esperança de retomadas das atividades nos centros de treinamento, agora com a adesão ao Minas Consciente, nós recebemos mais um balde de água fria”, destaca o educador físico Diomário Ferreira. 

De acordo com o profissional, Uberaba tem cerca de 108 academias e, destas, pelo menos 10 já não vão conseguir reabrir as portas. 

Continua depois da publicidade

Uberaba pode ir à Justiça para derrubar a adesão compulsória ao Minas Consciente

O programa "Minas Consciente" foi criado em abril deste ano para promover a retomada gradual das atividades comerciais e industriais que foram suspensas por causa da pandemia do coronavírus.

Com o objetivo de se adaptar ao atual momento da pandemia, o governo realizou consulta pública e, no dia 29 de julho, anunciou a reformulação do plano.

A principal mudança foi em relação às ondas, que foram reduzidas para três. Agora, as cores funcionam como um semáforo: onda vermelha, quando é permitido abrir somente serviços essenciais; amarela, quando serviços não essenciais também são autorizados; e verde, que incluem serviços não essenciais com alto risco de contágio.


Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: