Sind-UTE realiza mobilização para deflagrar paralisação em 13 de agosto

Após aprovar estado de greve no último dia 6, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) começou a mobilização com vistas à paralisação geral do funcionalismo público e realização de Assembleia Estadual no dia 13 de agosto. 

Maria Helena Gabriel, coordenadora regional do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), afirma que a agenda definida em nível estadual será cumprida de modo que a próxima paralisação seja maior do que a ocorrida no mês de maio.

Calendário aprovado pela entidade enviado ao JM demonstra algumas pautas, como seminário sobre liberdade de cátedra e violência nas escolas, debate sobre designados, militarização nas escolas, Escola sem Partido, complexo regional de câmaras de beneficiários do Ipsemg, ofícios para serem lidos nas plenárias das câmaras municipais pedindo posicionamento contra Regime de Recuperação Fiscal e Reforma da Previdência, entre outros. 

De acordo com Maria Helena, o período de recesso escolar torna mais difícil a mobilização. “Vamos aguardar o retorno das aulas para visitar as escolas, levar cartazes e falar com os trabalhadores em Educação”, posiciona. A data programada pela entidade é a mesma definida pela União Nacional dos Estudantes (UNE), que promete uma onda, “Tsunami”, de manifestações pela Educação.

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: