Sobe para 13 o número de casos suspeitos de coronavírus em Uberaba

Atualização divulgada pela assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Uberaba aponta 13 casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus. De acordo com o boletim da Secretaria Municipal de Saúde (Saúde), nesta quarta-feira (18) houve o registro de um caso suspeito. Trata-se de um homem de 36 anos que retornou de São  Paulo há 14 dias. Ele apresenta febre, calafrios, cansaço, mialgia, e procurou atendimento médico na UPA Mirante. 

Os casos aguardam análises realizadas na Fundação Ezequiel Dias – Funed, em Belo Horizonte. Outros quatro casos já foram descartados pela Fundação.

A SMS informou à reportagem do JM Online nesta manhã que, apesar de diversas informações estarem circulando nas redes sociais dando conta que já há casos confirmados de Covid-19 ainda não há nenhuma informação oficial que tenha sido repassada à secretaria. “O laboratório alega que a demora se deve à quantidade de exames a serem testados. Acreditamos que pelo menos metade dos suspeitos deva ter o resultado de exames até amanhã”, informou a assessoria da pasta, acrescentando que só é possível afirmar que se trata de Covid-19 após 7 dias da coleta do exame.

A Prefeitura reforça que “Uberaba não faz exames para Coronavírus, faz coletas de amostras sangue e swab. Os exames de todo o Estado estão concentrados na Funed desde a semana passada. A realização do teste ocorre de acordo com o protocolo preconizado pelo Ministério da Saúde. Quanto à coleta de material, a orientação do Ministério da Saúde, mediante cenário de Uberaba é que se limite a pessoas que vieram do exterior e estejam sintomáticas, inclusive observando o passaporte para os países que o exige”, informa.

Ainda de acordo com o comunicado:

• Os municípios de São Paulo e Rio de Janeiro são epicentros brasileiros da propagação do vírus. Ante a isto, pessoas que vem destas cidades e desenvolvem sintomas, ao procurarem assistência médica e conforme preconizado pelo Ministério da Saúde, são avaliadas com retaguarda de médicos infectologistas.
• Segue-se à anamnese clínica, coleta, e encaminhamento das amostras a notificação às esferas superiores de saúde pública.
• Existem protocolos e estão sendo cumpridos
• Quando autorizado pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância Saúde – CIEVS – ocorre o envio à Superintendência Regional de Saúde que encaminha para Belo Horizonte.

Casos sob investigação:

• Homem, 32 anos, esteve em Portugal, chegou a Uberaba dia 10, apresentando mal estar, tosse, dor no corpo, coriza, hiperemia ocular, placas na orofaringe e febre.
• Mulher, 21anos, esteve em Portugal, apresentou tosse, coriza, dor de garganta.
• Mulher, 76 anos, chegou de Portugal, apresentou tosse e queda de saturação.
• Mulher, 25 anos, esteve em Portugal, apresentou febre, tosse, cefaleia, mialgia e coriza.
• Mulher, 27 anos, chegou dos EUA, teve como sintomas diarreia, tosse seca, dispneia.
• Mulher, 58 anos, esteve no México e EUA, apresentou coriza, tosse e mialgia.
• Mulher 30anos, retornou de Dubai dia 05/03.
• Mulher, 57 anos, viajou recentemente para os Estados Unidos, onde permaneceu por três semanas retornando dia 09/03 – Hospital São Marcos.
• Homem, 20 anos, retornou da Argentina e Uruguai faz nove dias. Queixa-se de tosse, rouquidão – Hospital Mário Palmério.
• Mulher, 31 anos, asmática. Apresenta tosse, coriza, odinofagia e febre. Esteve em Cruzeiro do dia 9 ao dia 13, asmática. Hospital São Domingos.
• Adolescente, sexo feminino, 14 anos, chegou de Portugal há 14 dias e apresenta tosse, febre, dor de garganta e coriza faz dois dias. UPA São Benedito.
• Criança, sexo feminino, 4 anos, veio do Haiti com quadro de tosse e coriza.
• Homem, 36 anos, retorno de São Paulo há 14 dias, com febre, calafrios, cansaço, mialgia. UPA Mirante

#FakeNews: Chegou à reportagem do Jornal da Manhã nesta semana que uma das pessoas suspeitas de estar infectada com o SARS-CoV-2 não estaria respeitando o isolamento domiciliar importo pelo Ministério da Saúde e que estaria circulando normalmente pela cidade. Contudo, a SMS descarta que o fato tenha acontecido em Uberaba. À reportagem, a assessoria de comunicação da pasta informou que equipes estão monitorando de perto e verificando o cumprimento da medida e que a determinação foi reforçada após a denúncia encaminhada pelo JM

Ontem (17), os ministros da Justiça, Sergio Moro, e da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, editaram nova portaria para o combate à pandemia de coronavírus. A medida autoriza o uso da força policial para forçar indivíduos suspeitos de contaminação a ficarem em isolamento ou quarentena e estabelecendo crimes no caso de descumprimento das medidas. A nova portaria estabelece que o descumprimento do isolamento e da quarentena pode resultar em responsabilização civil, penal ou administrativa da pessoa suspeita de contaminação. Caso esse descumprimento acarrete em ônus aos cofres públicos na utilização do Sistema Único de Saúde, os valores gastos poderão ser posteriormente cobrados da pessoa. 

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: