Taxa de letalidade da Covid-19 em Uberaba está em 2,50% há cerca de 10 dias

Professores e alunos da Universidade federal do Triângulo Mineiro continuam realizando o levantamento das estatísticas relativas a covid-19 em Uberaba. Estão sendo apresentados gráficos e projeções embasadas em análises científicas para auxiliar os gestores públicos da cidade nas tomadas de decisão. O projeto de pesquisa “Desenvolvimento de relatórios técnicos com informações sobre a evolução da Covid-19 na cidade de Uberaba-MG” deu origem ao site Observatório Covid-19 Uberaba.

Os dados recentes do projeto mostram que, dos 5.429 casos confirmados de Covid-19 na cidade, 90% já são considerados recuperados e 7,77% ainda se encontram ativos, ou seja, 422 pessoas.

Segundo a coordenadora do projeto, professora Michelli Maldonado, a taxa de letalidade, calculada pela relação de óbitos por casos total, está em 2,50% e se mantém aproximadamente neste valor há 10 dias. Já a taxa de mortalidade, calculada pela relação de óbitos pelo total de habitantes, é de 40,75 / 100 mil habitantes. Ou seja, a cada 100 mil habitantes, aproximadamente 40 deles estão vindo a óbito por causa da Covid-19. Hoje, a cidade tem 136 óbitos confirmados e a variação média de novos óbitos dos últimos 14 dias foi de 20%. De acordo com parâmetros usados por diversos especialistas, quando a variação da média móvel é superior a 15% é um indicativo de alta na taxa de letalidade.

A taxa de reprodutibilidade é de Rt = 0,95. Essa taxa indica quantas pessoas um caso ativo está infectando em média. Valores maiores que 1 apontam um crescimento da doença na cidade. Considerando que temos 422 casos ativos, se a Rt se mantiver nesse valor, daqui uma semana teríamos 400 casos, uma semana depois, 380 e, assim, na sequência. “A questão ainda é que este valor de R está variando muito, saindo de 1,09 da semana passada para 0,95 agora”, destacou professora Michelli.

A variação da média móvel de casos ativos dos últimos 14 dias é de -5%. Quando a variação está entre 15% e -15% é um indicativo de estabilidade. No caso de Uberaba, este dado é corroborado pelo próprio valor de Rt, próximo de 1. Matematicamente falando, está-se multiplicando o número de casos ativos por 1, sendo assim, este valor ficaria praticamente constante, ou seja, a estabilidade.

Outro dado importante que o projeto apresenta semanalmente é a projeção de casos para os próximos 5 dias, considerando um modelo exponencial ajustado aos dados. Todas as projeções consideram um intervalo de confiança de 95%. Para o dia 1º de outubro estão previstos 5.800 casos, podendo chegar até 6.200 casos.

Em resumo, a análise dos dados permite afirmar que Uberaba está em um cenário que indica estabilidade, porém, ainda existem casos ativos e, por ser uma doença altamente transmissível, todo cuidado é importante. Se um caso ativo começar a contaminar mais que a Rt está indicando, pode-se entrar facilmente em movimento de subida. Por isso, as medidas preventivas ainda são os procedimentos mais importantes para enfrentamento da pandemia. “Sempre lave bem as mãos, use máscara e, principalmente, evite aglomerações”, finalizou a professora Michelli Maldonado.

*Todos os dados apresentados aqui consideram a data de 26/09, última atualização enviada pela SMS para os coordenadores do projeto.

Observatório Covid-19 Uberaba

Projeto de pesquisa denominado “Desenvolvimento de relatórios técnicos com informações sobre a evolução da Covid-19 na cidade de Uberaba-MG” vem sendo desenvolvido pelos professores Ronaldo Junio de Oliveira, do Departamento de Física; Michelli Maldonado Carretero de Oliveira, do Departamento de Matemática; e Mariângela Torreglosa, do Departamento de Ciências Biológicas, todos do Instituto de Ciências Exatas, Naturais e Educação – Icene da UFTM, com auxílio de alunos de graduação e pós-graduação. O projeto deu origem ao site Observatório Covid-19 Uberaba que, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Uberaba SMS, reúne informações e dados estatísticos  sobre o comportamento da Covid-19 no município de Uberaba  – em constante atualização.

O grupo apresenta semanalmente à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) gráficos, análises estatísticas, projeções e atualiza o site para que toda a população possa ter acesso ao panorama geral da evolução da doença na cidade, bem como promover a conscientização, por meio de informações seguras a respeito da Covid-19.

Além disso, integrantes do grupo têm participado de algumas reuniões estratégicas do Comitê Científico da Covid-19 na cidade para apresentar as análises dos dados e explicar, do ponto de vista estatístico, algumas taxas da doença. Hoje o site é alimentado totalmente pelos membros do projeto.

Conheça o site Observatório Covid-19 Uberaba.

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: