Teleconferência traça ações para o reconhecimento do Geopark Uberaba

Membros da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e Unesco Brasil participaram de teleconferência para discutir o projeto Geopark Uberaba – Terra de Gigantes e buscar a chancela da Unesco para que ele integre a Rede Global de Geoparques.

Participaram da teleconferência o coordenador de Setores de Ciências Naturais e de Ciências Humanas e Sociais da Unesco no Brasil, Fábio Soares Eon; o pró-reitor de Extensão Universitária da UFTM, Fabrício Aníbal Corradini; a diretora de Desenvolvimento Cultural, Paula Cusinato; a diretora do Complexo Cultural e Científico de Peirópolis, Stela Mariana de Morais; o geólogo do CCCP, Luiz Carlos Borges Ribeiro; Thiago Riccioppo, gerente do Museu do Zebu (ABCZ), e Fábio Ávila, da editora Bela Vista Cultural.

Foram discutidos os procedimentos que devem ser realizados para que o Geopark Uberaba – Terra de Gigantes solicite à Unesco a chancela para integrar a Rede Global. Os trabalhos nos geossítios em Uberaba continuam em andamento para atender às especificações necessárias.

O projeto Geopark Uberaba busca potencializar os valores turísticos de relevância nacional e internacional da cidade para apresentar ações realizadas à Rede Global de Geoparques da Unesco, a fim de se tornar Patrimônio Natural da Humanidade. O Geopark Uberaba – Terra de Gigantes é formado por sítios e geossítios dispersos pela cidade que retratam as riquezas geológicas, a herança histórica, cultural e turística da cidade.

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: