Transporte coletivo não teve aumento de demanda após reabertura parcial do comércio

Claudinei reconhece que em alguns horários há aglomeração de pessoas, principalmente nas estações do BRT

Transporte coletivo não registrou aumento significativo da demanda com a retomada do comércio com medidas restritivas. A análise é do superintendente do transporte coletivo, Claudinei Nunes.

De acordo com ele, a maior demanda continua sendo registrada nos horários de pico, das 6h30 às 7h30 e das 17h30 às 18h30. O superintendente reconhece que, nestes horários, muitas pessoas se aglomeram, principalmente nas estações do BRT/Vetor. “Já nas linhas convencionais essa situação não é observada”, acrescenta.

Neste sentido, ele informa que haverá um reforço de veículos, com dois ônibus a mais pela manhã e outros quatro no período da tarde, nos corredores Leste/Oeste e Sudeste/Gameleiras. Com isso, haverá ônibus a cada quatro a cinco minutos, minimizando o problema.

Para reduzir os prejuízos das empresas concessionárias do serviço, Claudinei Nunes também informa que houve redução dos carros, em torno de 30% “sem afetar o atendimento à população”, diz.

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: