UFTM suspende aulas devido ao novo coronavírus

Universidade Federal do Triângulo Mineiro suspendeu as aulas e eventos agendados devido ao risco de contaminação do novo coronavírus (Sars-Cov-2). A informação foi confirmada ao Jornal da Manhã pelo reitor da universidade, Luiz Fernando Resende, que está de férias, mas respondeu à reportagem. 

A medida foi oficializada pela Resolução nº 12, publicada na noite deste domingo (15), às 20h40, tornando suspensas “as aulas e atividades acadêmicas e eventos no âmbito da UFTM a partir de 16/03/2020, e replanejamento de atividades administrativas, como medida de prevenção ao COVID-19”. A resolução foi assinada pela vice-reitora e reitora em exercício, Profa. Dra. Darlene Mara dos Santos Tavares. 

A suspensão, no entanto, não se aplica a estudantes dos cursos das áreas da saúde em estágio hospitalar ou em residência médica, multiprofissional e uniprofissional em saúde, os quais deverão se apresentar normalmente a essas atividades. “Fica a critério de suas respectivas coordenações de curso, a manutenção ou interrupção do estágio, a ser decidido a partir de 16/03”, expõe a resolução. 

Ainda não há prazo para que as atividades voltem à normalidade nos campi de Uberaba e Iturama, ficando a critério da reitoria a retomada. Além de aulas e eventos, a visitação ao Museu de Peirópolis também foi suspensa por tempo indeterminado. 

O Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM) informou oficialmente em seu portal que reunião está marcada para essa segunda-feira (16), quando novas medidas devem ser anunciadas após deliberação. “Embora nenhum caso confirmado ou suspeito tenha sido identificado nos integrantes da comunidade acadêmica dos campi e unidades do Instituto Federal do Triângulo Mineiro, a Reitoria informa que na segunda, dia 16, será realizada uma reunião com os dirigentes para avaliar algumas medidas de prevenção a serem adotadas no âmbito da instituição. O IFTM tem buscado e seguido também todas as orientações do Ministério da Educação, Conif (Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação) e das prefeituras dos municípios em que o IFTM está presente quanto às medidas a serem tomadas no que diz respeito à manutenção do funcionamento das unidades”, diz trecho da nota publicada, que ainda reitera o perigo de propagação de fake news acerca do Covid-19.

“Dessa forma, solicitamos a todos que busquem informações e façam uso das medidas preventivas, tanto pessoais quanto coletivas, sobretudo daquelas publicadas pelo Ministério da Saúde. A Reitoria orienta, por fim, que não sejam compartilhadas informações alarmistas e/ou falsas”, finaliza a publicação. 

A reportagem tenta contato com as demais universidades em Uberaba, mas não obteve sucesso até o fechamento desta matéria. 

Atualmente são 200 casos de infecção pelo Sars-Cov-2 confirmados no Brasil; no sábado ainda eram 121, o que evidencia a escalada de casos no país. Minas Gerais tem dois casos confirmados até o momento e outros 106 sob investigação. Em Uberaba não há nenhum caso confirmado, sendo 9 suspeitos em investigação. Sete deles estão em quarentena dentro de suas próprias casas, monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde; os outros dois, um casal cuja filha retornou de Dubai, foram registrados como suspeita, mas não receberam orientação médica após deixarem a unidade de pronto atendimento onde estavam sem serem liberados pelos profissionais de saúde. A Polícia Militar foi acionada e registrou o caso. 

Em paralelo, neste fim de semana, Uberaba aderiu ao decreto de situação de emergência feito pelo governo de Minas. Com a medida, foi suspensa realização de eventos promovidos pela administração municipal e determinado o adiamento de show na feira do bairro Abadia e a Semana da Água. Após o decreto, a ABCZ não se manifestou sobre a ExpoZebu e dos shows no Parque Fernando Costa programados para o fim de abril.

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: