Copasa emite nota sobre a falta de água em Divinópolis

A Copasa informa que, em decorrência da paralisação emergencial da Estação de Tratamento de Água (ETA) do rio Itapecerica, na noite de domingo (25/12), o abastecimento de água de cerca de 80% da cidade de Divinópolis foi interrompido. Assim que o problema na ETA foi detectado, ainda na noite de domingo, técnicos da empresa iniciaram os serviços de manutenção, trabalhando ininterruptamente para solucionar o problema. Na tarde de segunda-feira (26), com a conclusão dos serviços, o abastecimento das áreas afetadas começou a ser restabelecido, iniciando pelas partes mais baixas da cidade.

Em algumas partes mais altas da cidade, como os bairros Serra Verde e Nova Fortaleza I e II, Rinaldo Campos Soares e Alto das Oliveiras, justamente pela sua posição topográfica, esses impactos persistiram ainda na terça-feira (27) e, de forma mais localizada, ainda hoje, quarta-feira (28). Para essa região, a Companhia disponibilizou caminhão-pipa. A normalização completa do abastecimento destas regiões está prevista para ocorrer, gradativamente, no decorrer da noite desta quarta-feira (28) e madrugada de quinta-feira (29).

A Copasa esclarece que, para aumentar a oferta de água nos referidos bairros, foi implantado, no final de outubro de 2016, um sistema de bombeamento (booster) específico para atender a região. A Companhia fez, também, o reforço e a interligação de novos pontos das redes com vistas a melhorar a circulação da água. Esta nova unidade permitiria a recuperação mais rápida do abastecimento desta região. No entanto, pessoas não autorizadas, sem embasamento técnico, imputaram ao novo sistema uma redução de pressão e fizeram, na tarde de ontem, terça-feira (27), o desligamento do padrão de energia desse booster, o que só foi detectado à noite. Assim, a expectativa de recuperação na madrugada de hoje (28) não pôde ser atingida, atrasando o processo de recuperação do abastecimento da região.

Além das medidas já tomadas, para solução definitiva do problema de abastecimento desses bairros, a Copasa desenvolveu um projeto completo para a Região Nordeste de Divinópolis, compreendendo nova setorização das zonas de abastecimento, bem como ampliação de reservação, novas redes alimentadoras de 300 mm de diâmetro e implantação de unidades de bombeamento estrategicamente posicionadas. Este projeto está em fase final de detalhamento técnico para ser licitado.

Situação nos bairros

Enquanto a Copasa não consegue restabelecer a água, especialmente na região do bairro Nova Fortaleza, a população vive uma situação de calamidade. Segundo os moradores, em contato com a Copasa a resposta era que nada de errado havia. Ouça o depoimento do jornalista Douglas, morador da região 


Postado originalmente por: Minas AM/FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: