28 Congresso
Divinópolis e Região

Divinópolis registra cinco assassinatos em uma semana; Polícia acredita em disputa por ponto de venda de drogas

Por: Rádio Minas 02/04/2018 18:40

A última semana de março foi violenta em Divinópolis. Dois homicídios em um dia, tentativa de homicídio contra várias pessoas e um saldo de 13 mortes só nos três primeiros meses. Os órgãos de segurança começaram a investigar os crimes e em quase todos eles, está relaciono o tráfico de drogas.

Os últimos dias foram marcados pela violência em Divinópolis. Em apenas uma semana, cinco assassinatos foram registrados. O primeiro deles foi na quinta-feira, dia 22 de março, no bairro São Judas. Oniad José Faria, de 56 anos, saía de sua casa, por volta das de 6h15 da manhã, rumo ao trabalho, quando foi atingido por tiros. Testemunhas disseram à polícia que os bandidos estavam de carro.

Quase doze horas depois do primeiro crime, por volta das 18h16, um jovem de 25 anos foi encontrado morto às margens da linha férrea no bairro Nações. Tiago Jonatan Pereira foi atingido com um tiro na cabeça. Segundo a PM, ele havia deixado o presídio de Pará de Minas em dezembro do ano passado.

Já no dia 26 de março, uma segunda-feira, Ronaldo Martins Ferreira, de 23 anos, estava sentado na calçada de uma rua, no bairro São Roque, quando três criminosos chegaram em um carro e já desceram atirando. Após o crime, os bandidos conseguiram fugir.

No dia seguinte, em 27 de março, mais um homicídio consumado em Divinópolis. A vítima estava dentro de um bar, na Avenida Bom Sucesso, também no bairro Nações. Na ocasião, a polícia informou que o autor dos disparos que matou Carlos Eduardo de Oliveira conseguiu fugir. A perícia esteve no local e identificou dez perfurações causadas por disparo de arma de fogo.

Na Rua José Botelho, no Ponte Funda, uma verdadeira confusão se formou na noite de quarta-feira, dia 28. Um adolescente de 16 anos morreu e duas mulheres ficaram feridas: uma idosa de 68 e a filha dela, de 40 anos. A PM informou que uma das vítimas ouviu barulho dos disparos, foi ver o que se passava e acabou sendo atingida. O adolescente morreu no local e as duas mulheres foram socorridas até a UPA, distante três quarteirões dali.

Dos cinco crimes confirmados na última semana, três foram na região sudeste da cidade. Dois assassinatos no bairro Nações e um no bairro Ponte Funda. A onda de violência tem deixado moradores e comerciantes apreensivos.

No primeiro trimestre de 2018, a Polícia Civil contabilizou 13 homicídios. Março foi um mês considerado violento. Foram seis assassinatos e a polícia acredita que o tráfico de drogas tenha ligação com boa parte dos crimes. Já a Polícia Militar visa ampliar a quantidade de militares em patrulhamento, principalmente nas regiões consideradas zonas quentes de criminalidades.

Ainda assim, os comerciantes e a população, principalmente dos bairros da região sudeste, estão buscando meios para escapar da violência que às vezes, parece não ter fim.

A polícia enfatiza que a maioria dos crimes são solucionados com a participação popular e qualquer pessoa pode participar. Se tiver alguma informação que colabore com o trabalho policial, basta ligar para o Disque Denúncia  181. A identidade do denunciante é preservada.

Postado originalmente por: Minas AM/FM

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: