Dono de um talento natural Mateus Diogo enaltece time do Palmeiras

O talento natural de um atleta é algo impressionante. Temos atletas de todos os níveis, mas aqueles que nasceram com a ginga, com o equilíbrio corporal, com a capacidade de fazer exatamente aquilo que o marcador e muitas vezes o próprio torcedor não espera é raro. Levanta a torcida e faz o mais belo momento do futebol. Mateus Diogo, categoria 2004 do Palmeiras vai mais longe, enalteceu o companheirismo, o trabalho do treinador e principalmente a amizade com os companheiros.

Dono de vários gols ele conta que cada um tem uma história e muitos a participação da equipe. As jogadas, treinadas ou simplesmente combinadas entre os próprios atletas. A amizade entre eles vai alem de dentro do campo e na maioria das vezes, um já sabe exatamente aquilo que será feito pelo outro. O conjunto Palmeiras, o talento de Diogo, a habilidade conquistada no futsal foi contata em uma visita do atleta ao Sistema MPA.

Mateus Leonardo Diogo, 12 anos, teve um ano cheio de vitórias. “O Palmeiras chegou a seis finais em oito campeonatos, um trabalho do treinador Lico, nos ensinou muito, eu só me destaco por conta dos meus companheiros, eles me colocam na cara do gol, tocam a bola comigo, trabalham a bola comigo e tenho treinado algumas bolas parada (falta e escanteios). Algumas jogadas combinadas desde o a tentativa do gol olímpico até a jogada rápida, isso seguindo o sinal do treinador”, explicou ele.

A categoria 2004 terá um 2017 cheio de competições, ainda mais sendo na maioria das escolas de futebol o carro chefe, serão exemplo para as outras categorias, Mateus espera repetir as conquistas junto ao Palmeiras, ainda não passou pela cabeça dele ir para outro time, se for para outra cidade, a família vai ter de se mudar toda. “Ainda não pretendo sair do Palmeiras, mas não posso afirmar nada, não sabemos o dia de amanhã, mas já recebi convite de alguns, mais de uma equipe e até de fora, mas fico em Divinópolis. Se aparecer algo muito bom, meu pai vai me acompanhando”, declarou. Ele é um atleta bastante família, escola está com ótimas notas e bom aluno, mas deixou claro. “Futebol sou muito mais”.

Desde muito novo, o primeiro treinador dele foi Davi Raposo, no futsal, aliás ele ainda joga e este ano mesmo reforçou a equipe de Raphael Lacerda (hoje no Falcão 12), era chamado pelos colegas de Messi. Hoje com 1,63m e 56kg. Assediado por vários clubes foge das polêmicas, ele prega a importância de se unir mais estes atletas, não brigar, procurar a amizade. O pensamento dele mostra a realidade de uma cidade onde todos irão se encontrar em vários momentos e lugares, ou seja, o futebol como um grande elo de amizade, independente do futuro de cada um.

A responsabilidade dele e dos colegas 2004 cresce a cada ano, serão eles exemplos para as categorias menores e se depender do pensamento dele, da forma dele reconhecer o trabalho e esforço do outro, teremos uma disputa muito mais bonita em 2017 e com herança para todas as demais. Exatamente isso o futebol precisa. Crescer, desenvolver, voltar a ter campos lotados e assim conquistado o respeito, cobrar as atitudes do poder público. “Seria muito bom termos todos os campos com grama, iluminados, plateia, seria muito melhor para jogar futebol”, confessou o garoto.

Leonardo Diogo

Portado originalmente em: http://www.sistemampa.com.br/esporte/categoria-de-base/dono-de-um-talento-natural-mateus-diogo-enaltece-time-do-palmeiras/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: