Família deixa UPA e não consegue transferência para bebê de 47 dias

A situação de desespero já toma conta de toda família. O filho do Rayner, hoje com 47 dias está com bronquiolite e na segunda-feira (25), eles conseguiram uma liminar da Justiça solicitando em caráter de urgência, a internação do bebê em uma ala pediátrica.  Eles deixaram a Unidade de Pronto Atendimento nesta manhã, alegando que os médicos deram alta.

Na liminar obtida junto à justiça, consta que o estado de minas gerais e o município de Divinópolis devem implementar providências, sobretudo custeio, se o caso, para internação em hospital com especialidade em pediatria no prazo máximo de cinco dias.  A família procurou hoje o Hospital São João de Deus, esperança de conseguir internar a criança.

Sem nenhuma resposta e sem nenhum atendimento, a família voltou para casa levando ainda mais preocupação.

De acordo com o corpo clínico da UPA, a alta foi concedida ao bebê pelo fato de o médico entender que a criança já estava apta a deixar o local e que no caso das condutas médicas, não há como interferir. Já em relação à transferência, compete ao sistema de regulação do SUS, o SUS fácil, localizar um hospital mais próximo e realizar a transferência.

Postado originalmente por: Minas AM/FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: