Encontro
Divinópolis e Região

Fórum Regional fortalece São João de Deus como prioridade da saúde e abandona obra do Hospital Público

Por: Rádio Minas 27/10/2017 9:40

O recurso de 21 milhões destinado ao hospital São João de Deus servirá para atender ações e serviços em regime de atendimento ambulatorial, além de atendimento hospitalar de urgência e emergência, com ênfase na produção de oncologia, internação de UTI e cirurgia de média e alta complexidade.

A verba se junta ao montante de R$ 1,2 milhão, usado para reestruturação da unidade de Urgência e Emergência com a construção da Sala Vermelha, que presta suporte aos pacientes regulados e atendidos pelo Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) e que precisam de estabilização antes de ser encaminhados para outra unidade hospitalar ou de um leito do próprio HSJD. Durante um pronunciamento o governador Fernando Pimentel enalteceu a participação do Fórum Regional na aplicação da verba.

Cito como exemplo o caso de Divinópolis. Foi no Fórum da região Centro Oeste que a gente recolheu a priorização do apoio ao Hospital São João de Deus. Então renovamos o convênio, aumentamos um pouquinho, e está garantido o recurso para o funcionamento do hospital até o final de 2018. no caso de Divinópolis, também colocamos o Samu Macro Oeste em funcionamento, tudo isso faz uma enorme diferença para melhor no atendimento da região.”

Anúncio de recursos na inauguração do Fórum em 2016

O Governo do Estado de Minas Gerais implantou em 2016 o Fórum Regional de Governo – Território Oeste, na cidade de Divinópolis. No total o estado é dividido em 17 territórios. O Território Oeste reúne 54 municípios, com uma população de mais de um milhão de habitantes. Já na implantação do projeto foram anunciados recursos vindos de discussões dentro das pré-etapas de instalação. No anuncio de 2016 o Hospital João de Deus já aparecia como o único investimento da saúde.

A priorização do São João de Deus começa a apresentar resultados. O planejamento 2018 apresentado pela direção da unidade neste mês prevê expansão de serviços e ampliação da unidade, já que o caixa depois de muito tempo apresenta saldo positivo. O financeiro fechou o mês de setembro com cerca de 7 milhões reais em caixa.

Além da recuperação financeira os números também, são satisfatórios. Quando se fala em internações o local conseguiu aumentar em 38% os números gerais que incluem SUS, planos de saúde e particular. Em setembro do ano passado o hospital tinha 287 leitos hoje são 326. As cirurgias também tiveram aumento positivo de 41%, e as consultas de pronto atendimentos subiram de 1612 para 2940. Na sala vermelha só no mês de agosto foram 144 atendimentos.

Reveja a reportagem:

 

 

Postado originalmente por: Minas AM/FM

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: