Inauguração do SAMU será nesta terça-feira (06) em Divinópolis

A inauguração do Samu em Divinópolis ocorrerá nesta terça-feira (06) a partir de 10h, no Espaço Cultural Da’Vinci, localizado na estrada de Ermida, nº 2001, Bairro Belo Vale. 

Durante a cerimônia o governador de Minas Gerais Fernando Pimentel fará a inauguração do Serviço na região e a entrega de 31 ambulâncias que serão distribuídas para as bases descentralizadas na região Centro-Oeste.

SAMU

Gerenciado pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste (CIS-URG), o SAMU tem o objetivo de chegar precocemente à vítima após ter ocorrido alguma situação de urgência ou emergência. Para dar agilidade aos atendimentos, o Serviço contará com uma frota de 31 ambulâncias distribuídas em 23 municípios que darão suporte total  a 54 cidades que integram a região Centro-Oeste.

Serão disponibilizadas aos municípios 24 ambulâncias do tipo Unidade de Suporte Básico (USB), que serão tripuladas por um técnico de enfermagem e um condutor socorrista. Além desses veículos, haverá também sete Unidades de Suporte Avançado (USA), tripuladas por um médico, um enfermeiro e um condutor socorrista.

O SAMU 192 é um serviço gratuito, que funciona 24 horas e  atende atualmente  75% da população brasileira, sendo 149,9 milhões habitantes, distribuídos em 2921 municípios no território nacional. Na região Centro-Oeste o SAMU atenderá uma população equivalente a 1,2 milhão de habitantes. 

Divinópolis: 

Em Divinópolis estarão disponíveis três ambulâncias, sendo duas Unidades de Suporte Básico e uma Unidade de Suporte Avançado. Uma USB estará posicionada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e uma USA e USB estarão disponíveis na Central de Regulação das Urgências, situada no Centro de Divinópolis.

A Central de Regulação é um núcleo que garantirá a permanente avaliação e estimativa do grau da urgência de cada caso que chegar através do 192. Dentro desta Central estarão os médicos reguladores, que atuarão no acolhimento de todos os pedidos de socorro, operando sempre com capacidade de monitoramento dinâmico e ágil a fim de reduzir o tempo de atendimento, diminuindo assim o número de óbitos e sequelas nos pacientes.

As cidades que contarão com ambulâncias  foram escolhidas com base em estudos de viabilidade, sendo que a logística dessa distribuição foi feita para que se situem em pontos estratégicos, de forma que o tempo entre a chamada recebida pelo 192 e a chegada da ambulância demore no máximo 40 minutos em qualquer ponto da região. Para a escolha também foram levados em consideração os acessos, estradas, rodovias e estradas rurais.

.

 

Foto: Reprodução

Postado originalmente por: Minas AM/FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: