Lar das Meninas busca ajuda financeira para reformas solicitadas pela Vigilância Sanitária

O Lar das Meninas vive uma situação complicada. A instituição precisa fazer reformas na estrutura, localizada no bairro Porto Velho, em Divinópolis para adequações solicitadas pela Vigilância Sanitária. Muitas das obras são de acessibilidade, como rampas de acesso. Há 64 anos prestando serviços em Divinópolis, o Lar das Meninas tem enfrentado situações difíceis nos últimos cinco anos, como a redução no número de crianças atendidas, que já chegou a 100 e hoje está em 50.

Em contato com a reportagem do Sistema MPA, o presidente do Lar das Meninas, Maurício Paiva disse concordar com as exigências da Vigilância Sanitária, mas pede o apoio financeiro para realizar as alterações na estrutura da instituição. “Reconhecemos que são certas, corretas, mas o Lar não tem condições financeiras de arcar com essas reformas. Eles estão pedindo rampas de acessos, uma série de reformas que precisam colocar a instituição dentro das novas normas de acessibilidade. A situação do Lar é difícil. O Lar vive há cinco anos uma situação difícil, carência de recursos”, explica.

Maurício afirma que para a reforma, são necessárias doações em dinheiro para o custeio da mão de obra e alguns materiais, como brita, areia e cimento. Parte do material já foi adquirido pela instituição. A estimativa de custo com a mão de obra da reforma do Lar das Meninas está entre R$40 mil e R$50 mil. “Estamos pedindo a população de Divinópolis, que conhece o Lar das Meninas, sabe o trabalho que o Lar presta a comunidade divinopolitana”, disse.

 Para contribuir com o Lar das Meninas, uma conta foi disponibilizada para doações. A conta bancária é do Banco do Brasil, Agência 3727 Conta: 4333-8. Mais informações pelo telefone (37) 3221-1338. O Lar das Meninas fica na Rua Fernão Dias, 710, bairro Porto Velho.


 

Foto: Google Street View

Foto: Google Street View

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: