Prefeitura de Divinópolis diz que camelódromo funciona com alvará vencido desde 2011

Há pouco mais de quinze dias, dois assuntos tem gerado discussão pelas ruas de Divinópolis: a proibição de vendas de bebidas na Praça da Catedral e a possível retirada do camelódromo da Rua São Paulo. O local funciona no quarteirão fechado desde 2008, porem nesses nove anos, muitos problemas surgiram.

De acordo com a prefeitura de Divinópolis, desde 2011 o local funciona com o alvará vencido. Hoje o camelódromo da cidade conta com mais de 80 barracas e 25% delas já cometeram ou ainda cometem alguma irregularidade. Os pontos mais negativos seria a venda ou o aluguel das barracas.

Alguns ambulantes já se preocupam com a possível retirada, porém a mudança de lugar ainda não está certa. A prefeitura precisa alinhar um novo local, verificar as condições dos ambulantes, entre outras coisas.

A Praça da Catedral também tem gerado debate entre a população. No dia 26 no mês de outubro, um decreto feito pelo prefeito Galileu Machado dizia que será proibida a comercialização de quaisquer produtos, exceto aquela autorizada por meio de alvará expedido pela prefeitura. Também fica proibido, além do consumo de bebidas alcoólicas, o uso de skates, bicicletas, triciclos, exceto para crianças até 12 anos acompanhadas pelos pais ou por responsável. Porém segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, a interpretação da proposta foi feita de forma controversa.

Só que assim como a situação do camelódromo, as mudanças na Praça da Catedral ainda passarão por analises.

 

Postado originalmente por: Minas AM/FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: