28 Congresso
Divinópolis e Região

Próxima do caos UPA em Divinópolis atende 500 pessoas por dia quando a capacidade é de apenas 150

Por: Rádio Minas 21/09/2017 8:40

Os dados foram apresentados pelo presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Divinópolis, vereador Renato Ferreira durante audiência em Belo Horizonte. A UPA está com atendimento bem acima da sua capacidade. Hoje a unidade recebe 500 pessoas por dia, muito além da capacidade, que é de apenas 150 pessoas.

A maior parte dos pacientes que estão na UPA aguardam cirurgia. Sem vagas para internação a Unidade está perto do caos. Uma das soluções para o problema seria o Hospital Público, mas as obras estão paradas desde 2010. O município aguarda um repasse do Estado de cerca de R$ 44 milhões mas que não tem previsão de acontecer.

A assessora-chefe da Assessoria de Planejamento da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Poliana Cardoso Lopes, afirmou que a conclusão das obras do Hospital Regional de Divinópolis estaria dependendo de um processo licitatório de responsabilidade da prefeitura. Segundo ela, faltam repassar cerca de 35% dos recursos, mas que, enquanto o processo licitatório não for concluído, não adianta o Estado liberar a verba, já que não haveria como dar prosseguimento à obra.

A prefeitura contestou o estado. De acordo com o diretor de comunicação da Prefeitura de Divinópolis, Evandro Araújo, foi firmado um convênio inicial de número 230 em 2009, quando o Estado liberou R$36 milhões para a obra. O projeto teria ficado pronto em março de 2010 e a primeira licitação, de R$47.830.000,00 em junho do mesmo ano. Foram executadas as obras dos R$36 milhões liberados inicialmente e firmado um novo convênio de R$27 milhões. Dois anos depois, a licitação foi aditivada em mais 25%, dentro do previsto em lei e passou de R$47 milhões para R$58 milhões. No entanto, dos R$27 milhões finais, falta o repasse de R$16 milhões.

Durante um pronunciamento na Câmara o presidente da Comissão de Administração enfatizou que o caso é grave. Ele afirmou que junto com o Ministério Público será montada uma frente de trabalho na tentativa de buscar soluções para os transtornos gerados na cidade.

Postado originalmente por: Minas AM/FM

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: