SP: jogadora de CoD: Mobile é encontrada morta a facadas; suspeito é preso

Ingrid “Sol”, jogadora de Call of Duty — Foto: Reprodução/Instagram

Um estudante de 18 anos foi preso em flagrante por suspeita de matar a facadas uma jovem de 19 anos, na tarde de segunda-feira (22), em Pirituba, Zona Norte de São Paulo. O suspeito afirmou que conheceu Ingrid Bueno pela internet um mês antes do crime.

Ela era conhecida pelo apelido de “Sol” e jogava profissionalmente Call of Duty: Mobile pelo time FBI E-Sports, um jogo de tiro para celulares. O suspeito jogava em outro time, o Gamers Elite, e a suspeita é a de que se conheceram durante partidas do game online.

Segundo informações do boletim, policiais militares foram chamados para atender uma ocorrência de mulher esfaqueada. Na casa do suspeito, acharam a vítima com diversas facadas. O óbito foi constatado por uma equipe do resgate.

Após ferir a vítima, o estudante fugiu. O irmão do suspeito contou que chegou em casa e encontrou a jovem já desmaiada e disse à polícia que não a conhecia.

Depois do crime, o estudante chegou a falar aos seus familiares que iria cometer suicídio, mas seu irmão conseguiu convencê-lo a se entregar. Cerca de 30 minutos após o crime, o autor compareceu ao 87º Distrito Policial.

Ele confessou o homicídio e disse que escreveu um livro para explicar os objetivos do crime. A Polícia Civil conseguiu uma cópia do suposto livro e foi anexada ao inquérito.

O post SP: jogadora de CoD: Mobile é encontrada morta a facadas; suspeito é preso apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: Minas AM/FM

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: