“Tentativas de me calar serão em vão”. Para expressar esta mensagem Delano faz protesto na Câmara.

Em protesto ao ofício protocolado pelo vice-prefeito Rinaldo Valério no Conselho Regional de Medicina o vereador Delano Santiago (PMDB) usou a tribuna da Câmara amordaçado. O manifesto foi feito no início do pronunciamento desta terça-feira (21). Segundo o parlamentar as tentativas de calá-lo não funcionarão.

O parlamentar já havia se posicionado sobre o episódio. Delano afirmou que esteve na UPA como vereador e não como médico. Ele enfatizou ainda que é seu dever fiscalizar o Executivo e que assim o fará até o término de seu mandato.

A divergência entre os dois agentes públicos teve início durante uma visita do vereador a UPA no dia 14 de novembro quando os profissionais da unidade faziam o protesto de paralisação das atividades. No local Delano fez críticas ao vice-prefeito. O parlamentar gravou um vídeo fazendo várias denúncias. Em um dos trechos ele atribui a responsabilidade dos problemas a Rinaldo Valério e o secretário municipal de saúde Rogério Barbieri.

O vice-prefeito protocolou na segunda-feira, 20 um processo junto ao Conselho Regional de Medicina contra o vereador líder do partido PMDB na Câmara. No final do documento Rinaldo justifica a iniciativa e pede ao órgão que representa a classe punição para o denunciado.

Não só por razão pessoal profissional, mas como também por expor toda a classe médica da cidade em situação vexatória, aleivosa e de forma claudicada. Então, necessária instauração de competência de processo disciplinar.”

Veja o protesto:

Postado originalmente por: Minas AM/FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: