Câmara recebe representantes da cemig para esclarecimentos

Por intermédio do Requerimento nº 010/2017, de autoria do Presidente da Casa Legislativa, Vereador Carlitos Alves dos Santos (Meio Kilo) (PSDB), e assinado pela Mesa Diretora, o Gerente de Relações Institucionais da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), Ricardo Sampaio, e de Relacionamento com Clientes Especiais do Poder Público, Rodrigo Coelho, foram convidados a participar da reunião Ordinária da terça-feira (25), onde trataram de assuntos referentes à iluminação pública de Viçosa.

O Presidente em exercício abriu espaço para os vereadores esclarecerem as questões recorrentes da população, como lâmpadas queimadas e lentidão para manutenção, e sobre os planos de investimentos da Companhia no município e na região da Mantiqueira, que compreende Viçosa.

Rodrigo Coelho esclareceu que Viçosa é um dos trinta municípios mineiros, e único da região, que possui liminar judicial que mantém a iluminação pública sob responsabilidade da CEMIG. Questionado pelo Vereador Helder, o Gerente apresentou o número de atendimentos na cidade. Em 2016, foram 2.260 solicitações resolvidas, e esse número, em 2017, até a presente data, é de 615 atendimentos. “A demora em alguns casos se dá pela necessidade, por segurança, de avaliação de todo o trecho antes de reparar um ponto”, esclareceu. Para instalação em obras que demandam carga maior, o atraso acontece principalmente por falta de comunicação antecipada por parte dos proprietários: “temos mais de 50 mil obras a serem executadas, que assumimos o compromisso junto ao governo do Estado de atender até 2018”.

Quanto aos investimentos, Rodrigo afirmou que serão destinados, até o final deste ano, cerca de R$8 milhões para a região, “calculados em cima do crescimento da região e melhorias das falhas”, disse.

Os representantes se comprometeram a levar, aos diretores da distribuidora, as demandas citadas pelos vereadores durante a reunião. O Presidente Helder solicitou que a Casa Legislativa encaminhe Representação ao Senado Federal, pedindo agilidade na votação do Projeto de Decreto Legislativo nº 085/2015, que dispensa os municípios da responsabilidade sobre a iluminação pública: “os municípios já estão no ‘gargalo’, não adianta trazer mais responsabilidades”.

Postado originalmente por: Rádio Montanhesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: