Criança é internada com suspeita do coronavírus em Viçosa

Uma criança deu entrada no Hospital São Sebastião com sintomas do coronavírus.

A criança havia passado por uma cirurgia ortopédica em Belo Horizonte, e poderia ter tido contato com um  médico, de 72 anos, e o filho dele, de 34, que foram internados no hospital Life Center, na capital mineira, em estado grave de saúde, e tiveram confirmados o contágio pelo coronavírus.

Os dois ortopedistas haviam retornado, há pouco, de uma viajem para Miami, nos Estados Unidos.

Além disso, a Prefeitura de Viçosa conseguiu confiscar uma pequena quantidade do medicamento a base de hidroxicloroquina, em uma farmácia de Viçosa e o encaminhou para o hospital para ficar à disposição da equipe médica, que poderá, ou não, decidir por sua administração no jovem paciente, que juntamente com seus familiares, está internada no HSS, em isolamento. A Secretaria de Saúde do Município já iniciou investigação para tentar identificar as pessoas com as quais a criança e seus familiares tiveram contato.

“O caso é muito sério e não podemos aguardar os resultados dos exames para tomarmos as providências. Estamos correndo contra o tempo”, explicou o prefeito, Ângelo Chequer. Ele destacou que apesar de o Município ter tomado medidas para diminuir o fluxo de pessoas pela cidade, novas medidas deverão ser tomadas, já que muitas pessoas continuam transitando pela cidade. Ele explicou também que o caso da criança ainda não foi lançado no boletim epidemiológico do município, que até então divulgava 12 casos notificados, dois descartados e nenhum confirmado.

O caso do médico

As informações abaixo, sobre a contaminação do ortopedista, foram extraídas de matéria do jornal O Tempo;

O médico ortopedista mineiro Ernane Avelar Fonseca, de 72 anos, está internado em estado grave no hospital Lifecenter, no bairro Funcionários, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, após ter sido infectado por coronavírus em uma viagem recente ao exterior. O filho dele, Lucas Avelar, de 34 anos, também contraiu o vírus e permanece sob tratamento intensivo no mesmo hospital. Segundo um amigo e médico próximo da família, “o quadro não evolui bem”.

Na noite desta terça-feira (17), chegaram a circular nas redes sociais mensagens dizendo que o médico havia morrido, o que foi desmentido pela mesma fonte após checagem da informação. “Eu recebi essa mesma notícia. Como estava todo mundo muito surpreso e escandalizado, resolvemos checar. Mas ele não morreu”, disse o médico, reiterando, no entanto, que as informações no hospital eram que ele estava “muito mal”.

A reportagem de O TEMPO adiantou no último sábado (14) que há pelo menos três pacientes com o novo coronavírus internados no hospital. Mas o Lifecenter desmente a informação. De acordo com o último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES), há três casos confirmados de Covid-19 na capital mineira. A reportagem tentou falar com algum porta-voz do hospital, mas não obteve sucesso. Ernane Fonseca é um reconhecido profissional no meio esportivo de Minas Gerais, já tendo operado importantes jogadores que atuaram nos clubes de Belo Horizonte.

Autor: Folha da Mata

Postado originalmente por: Rádio Montanhesa

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: