Duas pessoas são presas após trocar embalagens e vender cerca de 05 toneladas de queijos vencidos no joão braz

Nessa terça (17), um homem foi preso após trocar embalagens e vender queijos vencidos em comércio no João Braz, em Viçosa.

A Polícia Militar do Meio Ambiente, em conjunto com o IMA, recebeu a informação de que um comércio estaria vendendo queijos vencidos no João Braz. Os policiais foram até o local e realizaram a apreensão de 05 a 06 toneladas de queijos.

A equipe realizou a prisão de duas pessoas pelo crime previsto no artigo 272, do Código Penal, cuja crime é contra a saúde pública e a pena é de 04 a 08 anos de reclusão, crime esse considerado hediondo, cujos flagrantes foram ratificados.

O Art. 272, destaca que corromper, adulterar, falsificar ou alterar substância ou produto alimentício destinado a consumo, tornando-o nociva à saúde ou reduzindo-lhe o valor nutritivo possui pena – reclusão, de 4 (quatro) a 8 (oito) anos, e multa. O § 1º-A, destaca que incorre nas penas quem fabrica, vende, expõe à venda, importa, tem em depósito para vender ou, de qualquer forma, distribui ou entrega a consumo a substância alimentícia ou o produto falsificado, corrompido ou adulterado.

Postado originalmente por: Rádio Montanhesa

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: