Escolas públicas e privadas, UFV e faculdades de Viçosa irão parar no mínimo por uma semana

O prefeito Ângelo Chequer, em reunião com sua equipe na tarde deste domingo (15), por meio do decreto nº 5430/2020, estabeleceu providências complementares ao estado de alerta decretado ontem, dia 14. O novo decreto considerou a necessidade de ações efetivas a fim de evitar a propagação do Coronavírus COVID-19 dentro do município de Viçosa.

A partir desse domingo, dia 15, o município aderiu ao estado de emergência em saúde pública, seguindo a definição do Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo coronavírus. Com isso, ficam suspensas as aulas em escolas e faculdades públicas e privadas de ensino pelo prazo de 7 dias. Também estão suspensos os eventos públicos e privados com aglomeração de pessoas, como por exemplo cultos religiosos com mais de 100 pessoas.

Viçosa hoje possui 5 casos suspeitos da doença.

Postado originalmente por: Rádio Montanhesa

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: