Pastores querem abertura de igrejas em Viçosa

O Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) negou no último dia 29 (Quinta-Feira) pedido do Conselho de Pastores de Viçosa para funcionar as igrejas . Segundo o COES, ainda não é recomendado o funcionamento devido aos riscos sanitários e de contaminação.

O conselho, que conta com 20 pastores, reuniu-se dia 23 de abril, a fim de elaborar um ofício e pedir à Prefeitura de Viçosa o funcionamento de igrejas e templos religiosos da cidade. Entre as sugestões apresentadas estão: espaçamento de 1 metro entre os fiéis, disponibilização de álcool em gel, uso obrigatório de máscaras, celebrações com no máximo 50 minutos e ocupação de apenas 10% da capacidade total de público.

Os líderes religiosos defendem a importância dos templos em meio a pandemia para que pessoas possam buscar refúgio e orientação espiritual. Segundo o pastor da Assembleia de Deus e membro do Conselho, Oseias Valadares, muitos fiéis estão desenvolvendo transtornos como depressão e ansiedade.

“O andamento da igreja está prejudicado pelo não funcionamento, e isso acaba afetando nossos fiéis. Os comércios já retornaram ao funcionamento e com isso vejo que também poderíamos voltar seguindo as recomendações da OMS”, Oseias Valadares.

O presidente do Conselho, Carlos dos Santos disse que até o momento o pedido foi feito apenas pelos líderes evangélicos.

Fonte: Por: Thais Pereira Cal, estudante de Jornalismo da UFV – Jornal de Viçosa.

O post Pastores querem abertura de igrejas em Viçosa apareceu primeiro em Primeiro a Saber.

Postado originalmente por: Rádio Montanhesa

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: