Prefeito autoriza fechamento de estabelecimentos que causam aglomeração de pessoas em viçosa

Após decretar emergência em saúde pública e suspender aulas e eventos públicos e privados devido ao avanço do coronavírus, o prefeito Ângelo Chequer autorizou, por meio do Decreto Municipal nº 5432/2020, o fechamento de estabelecimentos cujas atividades causem relevante aglomeração de pessoas, tanto em espaços particulares quanto em logradouros públicos. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (16) e pode afetar bares, casas de festas e lojas de conveniência de Viçosa.
O objetivo é desestimular aglomerações em locais tradicionalmente conhecidos por atrair um grande número de pessoas, principalmente aos finais de semana. Atitude que, nesse momento, se torna um agravante frente ao avanço do contágio por coronavírus. Vale ressaltar que nesta segunda-feira (16)
“Como não podemos contar que todas as pessoas possuem senso comunitário de prevenção e responsabilidade, estamos adotando essa medida a fim de proteger os mais vulneráveis. Nosso interesse não é prejudicar os comerciantes, com os quais essa administração tem uma relação muito sadia, pelo contrário, queremos somar esforços para que tão breve possamos restituir a normalidade em nosso município”, assegurou o prefeito durante reunião realizada hoje no gabinete com representantes da Associação de Bares e Restaurantes (abrasel) e da Casa do Empresário de Viçosa.
A Secretaria de Fazenda, que é a pasta que concede alvarás de funcionamento aos estabelecimentos, está autorizada a suspender temporariamente os alvarás e as licenças já outorgadas para ocupação de espaço público com mesas e cadeiras. A vigilância sanitária também atuará na fiscalização junto com os fiscais de posturas da Secretaria de Fazenda. O foco da atuação da Prefeitura será nos estabelecimentos comerciais e não no convívios dos cidadãos.
Essa medida durará enquanto vigorarem as disposições do Decreto Municipal nº 5430/2020, ou seja, 60 dias.

Postado originalmente por: Rádio Montanhesa

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: