Prefeitura promove encontro com taxistas durante “maio amarelo”

O taxista exerce sua profissão em um ambiente de trabalho que exige uma certa dose de paciência, controle emocional e outras várias características definidas como essenciais para uma boa convivência no trânsito. É o que explica a psicóloga da Diretoria de Trânsito (DireTRAN) da Prefeitura, Juliana Ladeira, que promoveu uma palestra sobre comportamento aos taxistas da cidade na noite desta terça-feira (2) no salão nobre do Centro Administrativo Municipal, como parte da programação da campanha Maio Amarelo.

“Pela característica de seu trabalho, o taxista precisa observar, analisar o trânsito e refletir sobre seu comportamento com uma frequência maior do que uma pessoa que trabalha em um escritório, por exemplo. Eles estão mais expostos ao estresse porque lidam com vários tipos de pessoas”, salientou.

Mais de 60 taxistas participaram da palestra, que além das questões comportamentais, abordou ainda a temática legislação. Renaldo de Faria, responsável pelo departamento de Segurança no Trânsito, aproveitou o momento para apresentar e discutir com os taxistas as principais reclamações e denúncias que a DireTRAN recebe de usuários do serviço de táxi. Ele lembrou ainda que muitos usuários, por desconhecerem as regras do serviço, fazem propostas indevidas que infringem a legislação. “Uma prática usual e proibida é combinar um valor antecipado pela corrida urbana, sem ligar o taxímetro”, exemplificou.

Durante a palestra, Juliana Ladeira ressaltou que todas as pessoas que utilizam e formam o trânsito precisam ter mais empatia, ou seja, se colocar no lugar do outro. “Percebemos que a população julga muito o comportamento do taxista e sabemos também que existe sim uma parcela que tem muito a melhorar, mas queremos chamar atenção para que cada indivíduo reflita sobre as suas próprias atitudes para que a mudança comece em cada um”, disse.

Gilson Guimarães Pereira é taxista há 19 anos e atua na Praça do Rosário, um dos pontos mais tradicionais da cidade. Ele comentou sobre a boa convivência entre os taxistas, disse que acredita que o comportamento da categoria pode melhorar e afirmou que a palestra contribuiu para a noção de que “todos somos responsáveis pela segurança no trânsito”.

O diretor de Trânsito, Lidson Lehner; o superintendente de Gestão Pública e Governança, Luciano Piovesan Leme e o prefeito Ângelo Chequer também prestigiaram o encontro. À pedido dos taxistas, a Diretoria de Trânsito estabelecerá, ao longo do ano, uma agenda de reuniões fixas com a categoria, a fim de discutir outras questões relacionadas ao serviço de táxi.

Postado originalmente por: Rádio Montanhesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: