Anuncie
Viçosa e Região

Saae divulga vídeo com água “amarelada” e afirma que seu consumo não oferece riscos à saúde

Por: Rádio Montanhesa 24/10/2017 15:20

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Viçosa, o SAAE, divulgou na manhã dessa terça-feira (24), um vídeo onde técnicos da autarquia explicam o que está causando a coloração ‘amarelada’ da água, que chega à casa dos viçosenses. Segundo o SAAE estão sendo realizados testes de qualidade da água fornecidas pela ETA I e ETA II, que demostram que a água é própria para o consumo humano e não oferece nenhum risco a saúde dos viçosenses.

Por volta do dia 17 de agosto deste ano os viçosenses conviveram com esse mesmo problema e em suas casas receberam água com a coloração amarelada. Essa água chegou a ser distribuída para cerca de 70% da população da cidade, que é abastecida pela ETA II da Violeira que tem como fonte de água o Rio Turvo Sujo.A época o SAAE se pronunciou por meio de nota, onde afirmou que “…em análises físico-químicas realizadas no dia 22 de agosto de 2017, constatou-se um aumento em até 12 vezes acima do normal na concentração de manganês no manancial do Turvo Sujo, causando a alteração na cor da água, que não a tornou imprópria para o consumo humano.”

No vídeo divulgado pelo SAAE Viçosa é possível observar o processo de “amarelamento” da água. São colocados dois copos que contém água tratada pela autarquia, mas que ainda não houve a adição do cloro. No copo da esquerda será adicionado cloro, já no copo da esquerda não haverá adição da substância. A concentração de manganês está tão acima do normal, que em menos de um minuto a água está totalmente amarela. Confira:

O vídeo divulgado pelo SAAE conta com a participação do bioquímico e Chefe do Setor de Tratamento de Água e Esgoto da autarquia, Henrique Freitas Santana, que afirmou em entrevista ao programa Bom Dia Cidade da Rádio Montanhesa FM 106,5, que a água é captada na bacia do Rio Turvo Sujo passa por todas as etapas de tratamento, que são: primeiro a água recebe o coagulante, logo em seguida ocorre a floculação, decantação e é filtrada.

Nessa etapa do processo é observado que a água está com a coloração clara e seria o ideal para o consumo. Mas, quando é adicionado cloro nessa água que contém o manganês, ocorre a oxidação entre as substâncias deixando a água com a coloração amarelada.

Para o bioquímico Henrique Freitas Santana, Viçosa sempre conviveu com o problema ocasionado pela grande concentração de manganês e ferro presentes nas bacias dos rios utilizados para abastecimento de água da cidade. Mas, que a seca que tem afetado a cidade nos últimos anos, tem feito com que ocorra baixas nessas bacias deixado a água ainda mais exposta ao manganês. Segundo ele, desde o início dos anos 2.000 o SAAE tem utilizado um agente quelante que é o ortopolifosfato de sódio para evitar que essas substâncias precipitem na água tratada.

Ainda segundo Henrique Freitas Santana, Chefe do Setor de Tratamento de Água e Esgoto do SAAE, a autarquia tem tomado providências para melhorar a coloração da água. Para isso, o SAAE adquiriu um produto que deve começar a ser utilizado ainda esta tarde para evitar a oxidação entre o manganês e o cloro.

Confira a entrevista do bioquímico Chefe do Setor de Tratamento de Água e Esgoto da autarquia, Henrique Freitas Santana, concedida ao programa Bom Dia Cidade da Rádio Montanhesa FM 106,5.:


Postado originalmente por: Rádio Montanhesa

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: