1.829 candidatos eleitos, de 28 partidos políticos, receberam propina da JBS, confessa ex-diretor em delação premiada. Valor pode superar os 600 milhões de reais

O ex-diretor da JBS Ricardo Saud contou aos procuradores da Lava Jato ter pago propina a 1.829 candidatos eleitos. De acordo com Ricardo Saude, que firmou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal, R$ 600 milhões foram distribuídos como pagamento indevido a 28 partidos da República.
DEPUTADOS
O número representa quase a totalidade de partidos existentes no Brasil (35). O ex-diretor da JBS disse aos investigadores que o dinheiro ajudou a eleger 179 deputados estaduais em 23 unidades da federação.
SENADORES
Ainda de acordo com o delator, os repasses contribuíram também para a vitória de 167 deputados federais provenientes de 19 partidos, 28 senadores da República e outros 16 governadores. Saud diz ainda ter contabilizado “todas as pessoas que receberam as propinas direta ou indiretamente”.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: