A emoção de Alan ao se lembrar do acidente; lateral da Chapecoense promete voltar a jogar, em alguns meses

Neste sábado, um dia depois de receber alta médica e deixar o hospital, o lateral Alan Ruschel, um dos sobreviventes do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, na Colômbia, concedeu entrevista em Chapecó e se emocionou muito ao falar da tragédia que deixou 71 mortos e 6 feridos. Alan Ruschel prometeu se esforçar para voltar ao futebol em alguns meses e contou detalhes das horas que antecederam a queda do avião da LaMia. Lateral revelou que foi orientado pelo diretor da Chapecoense, Cadu, morto no acidente, a trocar de assento e se sentar ao lado do goleiro Follmann, outro sobrevivente. “Eu estava sentando mais pra trás e o Cadu (diretor da Chapecoense que morreu no acidente) pediu pra eu sentar mais na frente pros jornalistas sentarem no fundo. Eu não queria trocar. Mas aí o Follmann insistiu que eu fosse e eu me sentei ao lado dele”.

VIVER

Sobre o acidente, o jogador concluiu: “Tava indo pra um jogo, tu não sabe o que vai acontecer daqui a 10 minutos. O que eu levo da lição é viver a vida, aproveitar a vida e fazer o bem. O que os médicos fizeram por mim durante esses dias não tem explicação”.

Portado originalmente em: http://www.radiomoc.com.br/noticias.asp?codigo=79322

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: