Brasil fica atrás do Chile, Uruguai e Argentina em pesquisa sobre qualidade e acesso à saúde

Pesquisa sobre o Índice de Qualidade e Acesso a Serviços de Saúde no mundo aponta o Brasil na posição 89. No mesmo estudo, pesquisadores fizeram pela 1ª vez levantamento sobre mortalidade “evitável” em todo o mundo. Em índice que vai de 0 a 100 — em que 100 representa os melhores resultados — e se baseia no tratamento de 32 causas de morte evitáveis, o Brasil teve, em 2015, pontuação 64,9. ATRÁSÉ um avanço em relação à pontuação de 1990 (50,1 pontos), mas o Brasil fica atrás de vizinhos da América Latina como Chile, Uruguai e Argentina e apenas uma colocação à frente da Venezuela. No mundo, Andorra lidera com o melhor índice (94,6 pontos), e na lanterna, figura a República Centro-Africana (28,6). FRÁGEISOs pontos mais frágeis do Brasil mostrados pelo estudo são os distúrbios neonatais, infecções respiratórias no trato inferior e doenças biliares e da vesícula.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: