Com “epidemia” de cesáreas, 4 em cada 10 bebês nascem no Brasil antes do tempo ideal

O Brasil vive duas novas “epidemias” relacionadas aos altos índices de cesárea: a de bebês prematuros (menos de 37 semanas de gestação) e a dos chamados “termo precoce”, que nascem em uma fase posterior, com 37 e 38 semanas.
IDEAL
A revelação é de estudo das Universidades Católica e Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul. A pesquisa mostra que 4 entre 10 crianças nascidas no Brasil em 2015 tinham menos de 39 semanas de gestação, considerado período ideal.
INTERLIGADAS
“Vivemos epidemias interligadas. É um grave problema de saúde pública, que pode trazer impacto a curto, médio e longo prazo”, afirma o coordenador do estudo. O período considerado mais seguro para o nascimento é entre a 39 e 41 semanas da gestação.
PREMATUROS
Os bebês prematuros respondem por 10% dos nascimentos no Brasil. Com 56% de procedimentos em 2013, o país apresenta a 2ª maior taxa de cesáreas do mundo, atrás da República Dominicana.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: