De 73 a 99 países foram atingidos pelo taque cibernético de ontem, inclusive o Brasil. Ameaça pode ser "maior até que o terrorismo"

A empresa russa de segurança cibernética Kaspersky estimou em mais de 45 mil o número de ataques cometidos por hackers, ontem, usando vírus do tipo ransomware, que afetou infra-estruturas de informática em 74 países, incluindo o Brasil. CIBERATAQUEDe acordo com a Kaspersky, as mensagens do ciberataque, que afetou países como Espanha, Reino Unido, Turquia, Ucrânia, Brasil e Rússia, foram escritas em romeno, mas não por um nativo. A fabricante de software de segurança Avast disse que foram identificadas 57.000 infecções em 99 países. Rússia, Ucrânia e Taiwan foram os principais alvos, segundo a Avast.MALICIOSOA Kaspersky identificou o tipo de software malicioso utilizado: o ataque indiscriminado aconteceu através de um sistema de propagação que utiliza vulnerabilidade detectada nos sistemas operacionais da Microsoft. RECOMPENSAO comunicado destaca que os hackers exigem como recompensa US$ 600 em bitcoins e que o maior número de tentativas de ataque foi detectado na Rússia.
TERRORISMO
O jornal El Paiz, da Espanha, vê risco até maior que o terrorismo nos ataques cibernéticos: “O forte ataque informático lançado nesta sexta-feira, aparentemente coordenado em muitos países, incluindo a Espanha, confirma a previsão do ex-diretor nacional de inteligência dos EUA, James Clapper, que há um ano alertava que os ataques cibernéticos significam uma ameaça maior até que o terrorismo”

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: