Pedro Cine Fotos
Montes Claros e Região

Embaixada afirma que “insultar o presidente da Rússia é inaceitável e inadmissível”. E ameaça: “As piores apreensões se tornaram realidade. Nossos avisos não foram ouvidos"

Por: Radio Montes Claros 14/04/2018 8:50

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, classificou hoje de “agressão contra um Estado soberano” o ataque dos EUA e seus aliados contra a Síria, e acusou Washington de ajudar com sua ação os terroristas que atuam no país árabe. PIORAM”Com as suas ações, os EUA pioram ainda mais a catástrofe humanitária na Síria. Eles levam sofrimento para a população civil, e de fato, toleram os terroristas que torturam há 7 anos o povo sírio”, disse Putin, em comunicado divulgado pelo Kremlin. INACEITÁVELApós o ataque, a Embaixada da Rússia nos EUA divulgou no Twitter comunicado em tom de ameaça, no qual afirma que “insultar o presidente da Rússia é inaceitável e inadmissível”. “As piores apreensões se tornaram realidade. Nossos avisos não foram ouvidos”, diz o comunicado. DELICADOAnalista da BBC resumiu o cenário:”Não há dúvida de que os russos protegerão suas bases, se atacadas. A situação é delicada, com superpotências se intimidando e esquentando um cenário que poderia explodir em um conflito acidental.” MODERAÇÃOO secretário-geral da ONU emitiu comunicado, pedindo moderação:”Peço a todos os estados membros que mostrem moderação nestas circunstâncias perigosas e evitem qualquer possível escalada da situação e o sofrimento do povo sírio”, disse Guterres, através de um comunicado.

Postado originalmente por: 93 FM

%d blogueiros gostam disto: