Jornal turco revela que policial que matou embaixador russo trabalhou em 8 eventos como segurança do presidente da Turquia

O policial turco que matou o embaixador russo em Ancara trabalhou em 8 eventos com a presença do presidente da Turquia, Recep Erdogan. A revelação é de um jornal turco. Na noite de segunda-feira, Mevlut Mert Altintas, de 22 anos, deu 9 tiros contra o embaixador Andrei Karlov numa galeria de arte, antes de ser morto pela polícia turca.

SEGURANÇA

Altintas foi membro da unidade antidistúrbios da polícia turca por 2 anos e meio. Nos 8 eventos que trabalhou, o policial integrava o 2º grupo de segurança do presidente turco, depois dos seguranças pessoais do presidente.

CLÉRIGO

chefe da diplomacia turca disse ao governo americano que a rede do clérigo opositor Fethullah Gulen – acusado pelo governo de ser o responsável pela tentativa de golpe ocorrida no país em julho – estava envolvida no assassinato. Autoridades turcas investigam os possíveis vínculos entre Altintas e Gulen.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: