M. Claros volta à Presidência da República, hoje. Em abril, viagem de Maia e Eunício, para não se tornarem inelegíveis, pode ter custado 90 mil

Temer vai ao Paraguai, hoje, para a reunião da Cúpula do Mercosul, e a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo, nascida em M. Claros, assumirá pela segunda vez a presidência interina da República. Temer vai e retorna ainda hoje.
IMPEDIDOS
Os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira, também deixarão o país para não assumir a Presidência e se tornarem impedidos de concorrer às eleições deste ano. Maia viajou a Portugal e, Eunício, para a Argentina.
PRAZO
Os presidentes da Câmara e Senado são os primeiros na substituição do presidente. A Lei das Inelegibilidades fixa o prazo de 6 meses para quem se candidatará nas eleições deixar cargos no Executivo.
90 MIL
Segundo site de Brasília, em abril Temer viajou ao Peru. “Estima-se que o Congresso tenha gasto mais de R$ 90 mil para custear as viagens dos chefes do Legislativo, além de congressistas e servidores que os acompanharam”- para não assumir a presidência.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: