Morreu aos 53 anos o cantor George Michael; empresário diz que "símbolo gay" sofreu insuficiência cardíaca

Morreu ontem, aos 53 anos, o cantor britânico George Michael. Serviços de emergência da Inglaterra confirmaram que uma ambulância prestou atendimento ao cantor. Seu empresário disse que o cantor sofreu uma insuficiência cardíaca. George Michael era filho de uma britânica e um imigrante cipriota grego.

FAMA

O cantor ficou famoso nos anos 1980 como parte do Wham, dupla que formava com um colega de escola. Em 1987, se lançou como artista solo. Em mais de 30 anos, gravou 7 discos, lançou muitos sucessos e vendeu mais de 100 milhões de cópias.

VÍCIO

Em 2006, foi condenado por dirigir sob influência de entorpecentes e teve a carteira de motorista cassada. Em 2008, foi apreendido com crack. Dois anos depois, esteve envolvido em acidente de trânsito e estava sob efeito de drogas. No final de 2011, ficou internado por conta de grave pneumonia. Em 2014, foi atendido em sua mansão em Londres por motivo não revelado. No mesmo ano, disse estar limpo há um ano e meio após ter decidido “mudar de vida”.

GAY

George Michael era tido como um dos grandes símbolos gays. Um de seus relacionamentos foi com o estilista brasileiro Anselmo Feleppa, que morreu 2 anos depois devido a complicações decorrentes da Aids. Ao ex-companheiro, dedicou a música “Jesus to a Child”.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: