Ordem para massacre em Manaus partiu de presídio federal de segurança máxima, no Mato Grosso do Sul

A ordem para a rebelião que resultou no massacre de 56 detentos no Complexo Anísio Jobim, em Manaus, foi dada a mais de 2 mil km de distância, no presídio federal de segurança máxima de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A informação é de autoridades federais e estaduais e foi divulgada pelo Fantástico.

RIVAL

No presídio em Mato Grosso do Sul estão encarcerados os chefes da facção que controla o tráfico de drogas na região Norte do Brasil. O 3º escalão da quadrilha matou presos de facção rival, da região Sudeste do Brasil, que estaria em disputa com a quadrilha amazonense.

ESTRATÉGICO

O presídio fica localizado numa área estratégica: a rota do Solimões, por onde entra a droga produzida no Peru e na Colômbia.

CADEIA

Ontem, pelo menos 4 detentos foram mortos de madrugada na Cadeia Raimundo Vidal Pessoa, também em Manaus, após confronto entre presos.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: