Para ministro da Justiça, massacre em Roraima foi “acerto interno de contas” do PCC

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, negou que o sistema prisional brasileiro vive uma guerra entre facções rivais e que a situação tenha saído do controle após o massacre de hoje na Penitenciária Agrícola de Boa Vista, em Roraima, que deixou 33 de mortos.
CONTROLE
“A situação dos presídios não saiu do controle. É outra situação difícil em Roraima. Roraima já tinha tido problemas anteriormente”, disse Alexandre de Moraes.
ACERTO
Para o ministro, o episódio ocorrido hoje não é “aparentemente” uma retaliação do PCC à Família do Norte, autora do massacre no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus. O ministro afirmou que, num primeiro momento, as execuções parecem ter sido um “acerto interno de contas”.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: