Petroleiros anunciam greve de 72 horas nas refinarias; TST considera ilegal e estipula multa

A Federação Única dos Petroleiros anunciou, via rede social, que a greve começou na madrugada desta quarta-feira (30). Ontem, terça-feira (29), o Tribunal Superior do Trabalho (TST) considerou o movimento ilegal e estipulou multa de R$ 500 mil por dia aos sindicatos, após ação ajuizada pela Petrobras e Advocacia-Geral da União.

As refinarias não se manifestaram sobre a paralisação das atividades em suas unidades. O comunicado da Federação dos Petroleiros publicado pouco depois da 1 hora da madrugada relata que os funcionários não entraram para trabalhar em refinarias de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Amazonas e Pernambuco.

Os petroleiros decidiram parar as atividades por 72 horas em solidariedade ao movimento dos caminhoneiros e para pedir a destituição de Pedro Parente do comando da Petrobras, entre outras reivindicações.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: