Presidente Temer fala pela segunda vez, ataca dono da JBS, pede suspensão do inquérito e reafirma que não sairá

Em pronunciamento que terminou há pouco, o presidente Temer anunciou que vai pedir ao Supremo Tribunal Federal que o inquérito contra ele seja suspenso até que verificada a autenticidade da gravação feita pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS.
CLANDESTINA
“Essa gravação clandestina foi manipulada e adulterada com objetivos nitidamente subterrâneos. Incluída no inquérito sem a devida averiguação, levou muitas pessoas ao engano, induzido e trouxe grave crise ao Brasil”, argumentou o presidente.
EDIÇÕES
Perícia da Folha de S. Paulo concluiu que a gravação sofreu mais de 50 edições. Michel Temer classificou a gravação de fraudulenta e manipulada e lembrou que o grupo JBS comprou US$ 1 bilhão antes da divulgação da conversa e faturou com a operação financeira.
PERMANECE
Temer reforçou que permanecerá no cargo. “O Brasil não sairá dos trilhos, eu continuarei à frente do governo”.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: