Supremo afasta ministro do Trabalho e Polícia Federal faz operação em Brasília e no Rio

O Supremo Tribunal Federal afastou do cargo, hoje, o ministro do Trabalho, Helton Yomura, em nova fase da operação Registro Espúrio, da Polícia Federal, que apura supostas fraudes em registros sindicais. MANDADOSNesta manhã, a Polícia Federal cumpre 10 mandados de busca e apreensão e 3 mandados de prisão temporária expedidos pelo Supremo em Brasília e Rio de Janeiro. DEPUTADOUm dos mandados de busca e apreensão está sendo cumprido no gabinete do deputado federal Nelson Marquezelli. A ação é desdobramento da operação Registro Espúrio, que desarticulou suposta organização criminosa integrada por políticos e servidores que teria cometido fraudes na concessão de registros de sindicatos pelo Ministério do Trabalho. ILÍCITASSegundo a Polícia Federal, as investigações e o material coletado nas primeiras fases da operação apontam que cargos da estrutura do Ministério do Trabalho foram preenchidos com pessoas comprometidas com os interesses do grupo criminoso, permitindo a manutenção das ações ilícitas.
PROCESSOS
As medidas foram autorizadas pelo ministro Fachin, a pedido da PF e da Procuradoria-Geral da República, para quem “os investigados utilizam rotineiramente os cargos para viabilizar a atuação da organização criminosa e para solicitar tratamento privilegiado a processos de registros sindicais”.

Postado originalmente por: 93 FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: