Turquia detém 6 pessoas após morte a tiros de embaixador russo

A polícia turca deteve 6 pessoas, após o embaixador russo na Turquia ser morto a tiros pelas costas durante discurso em galeria de arte de Ancara, ontem, por policial fora de serviço. A imprensa turca informou hoje que a mãe, o pai, a irmã e 2 parentes do atirador foram detidos na província de Aydin. O colega de apartamento do atirador também foi detido.
PROVOCAÇÃO
O presidente russo Vladimir Putin disse que o assassinato do embaixador Andrey Karlov, em Ancara, foi uma tentativa de minar os laços entre as 2 nações, para retardar tentativas de acordo na Síria. “O crime que foi cometido é, sem sombra de dúvida, uma provocação destinada a perturbar a normalização das relações turco-russas e o processo de paz na Síria”, declarou Putin à TV russa.
CRISE
Recep Tayyip Erdogan, o líder turco, afirmou concordar com Putin e insistiu que os países trabalham em conjunto para investigar o assassinato. Os chanceleres da Rússia, Turquia e Irã irão se encontrar em Moscou hoje para discutir a crise na Síria.
FECHADAS
Os EUA informaram que as 3 missões do país na Turquia seriam fechadas hoje após disparos em frente ao prédio da embaixada dos EUA em Ancara durante a noite. A embaixada fica perto da galeria onde Karlov foi morto.

Portado originalmente em: http://www.radiomoc.com.br/noticias.asp?codigo=79352

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: