Ação comemorativa ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é transferida para o dia 25/05

Ação comemorativa ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é transferida para o dia 25/05
Fotos : ASCOM Prefeitura de Muriaé


A Prefeitura de Muriaé, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, e o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) informam que, devido à chuva, a ação comemorativa ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes que aconteceria neste sábado (18) foi adiada para o próximo sábado (25), na Praça João Pinheiro, Centro.
A programação do próximo sábado continuará a mesma –  começará às 8h e incluirá apresentações artísticas e dos mascotes da campanha, Aninha e Kaká, e entrega de panfletos. Haverá ainda distribuição de pipoca e algodão-doce.

Na tarde desta sexta-feira (17), a assistente social e membro do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Érica Dala Paula, a assistente social e diretora da Proteção Especial da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Cristiane Teixeira e a psicóloga e diretora da Proteção Básica da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Maira Silva participaram de uma entrevista no programa “Super Tarde”, na Rádio Muriaé, conduzido pelo comunicador, Paulo de Souza.
Na conversa, as entrevistadas falaram sobre a importância da população denunciar, através do disk 100. A ligação é gratuita e sigilosa. Segundo as servidoras, outras formas de denúncias podem ser feitas, através da Polícia ou no Conselho Tutelar.
Durante toda a semana a Prefeitura de Muriaé desenvolveu uma série de atividades nas escolas municipais e estaduais como roda de conversa e apresentações artísticas.
Sobre a data:
No dia 18 de maio de 1973, no estado do Espirito Santo, uma criança de 8 anos chamada Aracely foi brutalmente assassinada depois de ser estuprada por um grupo de jovens de classe média alta. Seu corpo foi encontrado seis dias depois de seu desaparecimento. A notícia chocou o Brasil e até hoje os agressores não foram punidos.
 

Fonte : ASCOM Prefeitura de Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: