Apesar das medidas anunciadas pelo governo, movimento entra em seu 8º dia na cidade

Apesar das medidas anunciadas pelo governo, movimento entra em seu 8º dia na cidade
Mobilização continua forte nas imediações do Sesc, na BR-356

Os motoristas continuam recebendo apoio da população, por meio de doação de suprimentos

Caminhoneiros seguem parados também na BR-116, no bairro Bela Vista

Assim como em muitas partes do país, apesar do pronunciamento do presidente Michel Temer com anúncio de medidas que favorecem a categoria, caminhoneiros seguem paralisados em Muriaé. A greve na cidade chega ao seu 8º dia nesta segunda-feira (28), com mobilizações na BR-356, nas imediações do Sesc, e na BR-116, no bairro Bela Vista.

O movimento segue pacífico, sendo liberada a passagem de cargas vivas, perecíveis e medicamentos e insumos hospitalares.

Em entrevista à Rádio Muriaé, manifestantes afirmaram que a redução de R$ 0,46 no preço diesel, prometida por Temer, não satisfaz a categoria e, por enquanto, os protestos continuam na cidade.

 

Medidas anunciadas pelo governo

– Redução de R$ 0,46 no litro do diesel

– Preço será mantido por 60 dias. Depois, ajustes serão mensais

– Medida provisória será editada para isenção de pedágio em caminhões com eixos suspensos (que estejam vazios) nas rodovias federais, estaduais e municipais

– Caminhoneiros autônomos terão garantia de 30% dos fretes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)

– Medida Provisória estabelecerá tabela mínima de frete, em análise no Senado Federal

 

Fonte : Radio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: