Enterro de vítima com covid-19 é realizado em Miradouro, com a presença de apenas um membro da família

Somente o irmão da vítima foi autorizado a acompanhar o enterro realizado em Miradouro. Todos estavam usando EPI´s

 

A Covid-19 fez sua primeira vítima em Muriaé. Mauro José de Souza tinha 49 anos, era morador do bairro João XXIII e estava internado desde o dia 05 de abril no Hospital São Paulo.

Na última sexta-feira (08) ele teve uma crise respiratória e foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu e morreu no sábado.

A vítima foi enterrada em Miradouro. Seguindo os protocolos de segurança da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, não houve velório, o caixão permaneceu o tempo todo lacrado.   Apenas o irmão de Mauro e dois agentes da funerária realizaram o enterro que aconteceu por volta das 17h30. Todos estavam com equipamentos de Proteção Individual, exigidos para o procedimento.

Sua esposa e filha estão em isolamento e não acompanharam o velório.

Em nota, a prefeitura de Miradouro disse que por precaução, o cemitério da cidade ficará fechado por dois dias.

De acordo com relatos da família, Mauro era cardiopata, realizou transplante de rins há três anos e recentemente teve um enfarto, chegando a ficar internado no Prontocor de Muriaé por três dias.

Mauro era aposentado e também trabalhava como técnico em refrigeração. Ele tinha residência em Muriaé e também em Duque de Caxias, onde ia com frequência rever os amigos e comprar peças para trabalhar. Ele deixa esposa e três filhos.

 

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: